Logo BID
  • Historias
  • Innovación gubernamental
19 Oct 2015

Aprendizagem Móvel no Brasil

Fernanda Rosa

Mobile Learning in Brazil- management

Read it in English here.

 

O Centro de Estudos Brasileiros da Universidade de Columbia acaba de lançar o livro “Aprendizagem Móvel no Brasil: gestão e implementação de políticas públicas atuais e perspectivas futuras”, resultado da pesquisa realizada nas cinco regiões do país para analisar as iniciativas de TIC na Educação no sistema público de ensino.

Com coautoria de Fernanda Rosa e Gustavo Azenha, o estudo apresenta uma realidade bastante desafiadora. A despeito dos esforços para a aquisição de tablets e laptops para professores e alunos pelos governos federal e locais, existem deficiências na gestão dos pilares de infraestrutura, conteúdo digital e formação de professores, todos necessários para o desenvolvimento das políticas que visam integrar as tecnologias digitais na educação.

Na dimensão política, a falta de foco na aprendizagem é o principal desafio a superar. As políticas têm sido definidas sem planejamento de médio e longo prazo, entre contingências de orçamento e janelas de oportunidade, e com claras desconexões entre os resultados pretendidos e o direcionamento e a implementação das ações. A consequência é a predominância do foco na aquisição de hardware sem o devido enfoque na melhora de aprendizagem dos alunos. O baixo desenvolvimento de aspectos institucionais e regulatórios relativos à privacidade online de alunos e professores também se destaca.

O pilar de infraestrutura merece especial atenção por sua limitada governabilidade no âmbito das secretarias de educação e pela falta de clareza sobre o investimento necessário, já que existem diversas camadas nem sempre visíveis aos gestores públicos e educadores, mas necessárias para garantir conexão à internet de qualidade nos diversos ambientes das escolas. Isso envolve rede elétrica adequada e soluções para conexão em banda larga, com velocidade compatível à quantidade de usuários: alunos, professores e funcionários. A média de velocidade da maioria das redes de ensino pesquisadas não ultrapassa 2 Mbps nas escolas, enquanto padrões internacionais apontam para velocidade necessária de 100 Mbps para permitir o aproveitamento da mobilidade.

O pilar de conteúdo digital, ainda que mais diversificado pela emergência de novas empresas no mercado, enfrenta grandes desafios. Estes envolvem a falta de objetivos claros dos gestores de educação e suas equipes para orientar a definição do modelo mais apropriado, de compra ou de produção local de conteúdo digital, e garantir os recursos pessoais e financeiros para o desenvolvimento dos projetos. Além disso, os papeis dos setores público e privado nem sempre são claros na implementação das ações, o que também impacta a efetividade dos resultados. Isso não impede que boas experiências sejam encontradas ao redor do país, mas a descontinuidade das ações é o que se destaca.

Por fim, o pilar de formação continuada de professores para uso das TIC aponta para um cenário pouco estruturado. As equipes responsáveis por tais treinamentos são normalmente reduzidas, os cursos são mais voltados a ferramentas e ao ensino de software, sendo que aqueles voltados às práticas pedagógicas, devido à falta de integração dos treinamentos ao currículo a ser trabalhado com os alunos, acaba tendo abordagem e didática com baixo potencial de transformação do processo de ensino-aprendizagem.

O estudo busca contribuir com um conceito normativo para embasar a construção de políticas públicas de aprendizagem móvel efetivas considerando como centrais, além dos três pilares acima discutidos, o aprendizado dos alunos e a mobilidade das tecnologias atuais, presentes em muitas escolas. Os autores também apresentam uma segmentação qualitativa onde foram identificados cinco perfis de professores, que podem auxiliar a formulação de programas de formação continuada mais efetivos e adaptados ao heterogêneo conhecimento e engajamento dos professores junto às tecnologias. As recomendações da pesquisa são concluídas com um plano de monitoramento e avaliação para acompanhar sustentar o desenvolvimento de políticas de aprendizagem móvel mais estruturadas.

Para baixar o livro, em português ou inglês, assim como acessar os vídeos e apresentações (ppt) da conferência de lançamento da publicação, clique aqui: www.aprendizagem-movel.net.br

Logo yoGobierno